O primeiro gol do Rei no exterior pelo Santos

No dia 03/01/1959, o Rei Pelé marcava o seu primeiro gol em gramados do exterior com a camisa do Santos Futebol Clube, tal proeza se deu no Estádio Nacional de Lima, no Peru, em partida amistosa vencida pelo time da Vila Belmiro por 3 a 0 com o Rei marcando dois gols e Pepe um gol.

SBA 0 x 3 Santos - DNA Santástico - Santos Futebol Clube - 03

O adversário santista foi o campeão peruano de 1958, o Sport Boys.

SBA 0 x 3 Santos - DNA Santástico - Santos Futebol Clube - 01

Ficha do Jogo:

Data: 03/01/1959
Club Sport Boys Association 0 x 3 Santos FC
Local: Estádio Nacional de Lima, em Lima, Peru.
Competição: Amistoso
Público: 37.041 pagantes
Renda: 320.817,75 soles peruanos
Árbitro: Friedrich Ander

Gols: Pelé [2] e Pepe.

SPORT BOYS: Carpina; Calenzani e Aguro (Rosanal); Andrade, Bolivar e Boluarte; Zunino, Galeano, Urdaniga, Véga e Fafan.

SANTOS: Manga (Laércio); Hélvio e Dalmo; Getúlio, Ramiro (Urubatão) e Zito; Dorval, Álvaro (Afonsinho), Pagão (Guerra), Pelé e Pepe. Técnico: Lula


SBA 0 x 3 Santos - DNA Santástico - Santos Futebol Clube - 02

O Rei, já coroado pelos franceses, com esses tentos assinalados atingia a marca de 141 gols em jogos do Santos FC, de um total de 130 partidas jogadas até aquela data no início de 1959.

E o show seguiu…

Três dias depois, o Santos voltou ao Estádio Nacional para enfrentar o Sporting Cristal, uma goleada de 4 a 0 com mais dois gols de Pelé. A visita a Lima terminou com outro placar digno daquele time, 5 a 1 sobre o Deportivo Municipal, partida em que o atacante passou em branco.

Após deixar Lima, o Santos ainda jogou no Equador, Costa Rica, Guatemala, México, Curaçao e Venezuela, em 14 partidas em 48 dias entre janeiro e fevereiro daquele ano – ainda assim, foram 13 vitórias, uma derrota (para o Uda Duklas, da antiga Tchecoslováquia), 47 gols marcados, 13 sofridos. Com Pelé anotando 15 gols, Pepe 14, Pagão 9, Dorval 4, Coutinho com 15 anos, 2 gols e Álvaro, Hélio e Guerra um gol cada.

Ganhar para manter os melhores

A maratona era necessária. A fama santista já fazia crescer os olhos europeus nos principais atletas daquele time. Era preciso fazer caixa, e essas excursões funcionavam: cada partida tinha uma cota entre US$ 10 mil e US$ 15 mil, um bom valor para a época.

Pelé pelo Santos…

O país estrangeiro que mais vezes viu desfilar a magia do eterno camisa 10 santista foi os Estados Unidos, onde o Rei pelo Santos jogou 41 vezes e marcou 51 gols, a Argentina vem em segundo lugar com 33 partidas com 21 gols sofridos e em terceiro vem o Chile, país onde o Rei jogou 31 vezes e marcou 38 gols.

Na sua magistral carreira no time do seu coração, o maior artilheiro do futebol mundial em todos os tempos, marcou 1091 gols sendo que desse total, 727 gols foram marcados em gramados brasileiros e 364 gols nas 353 partidas nos 66 países onde ele jogando pelo Peixe exibiu a sua incomparável arte de jogar futebol segundo números do Centro de Memórias do Santos FC.

Texto original de Wesley Miranda da Assophis adaptado para o DNA Santástico.


E aí, gostou? Deixe seu comentário sobre este post no formulário abaixo!

Edmar Junior - Blog DNA Santastico - O primeiro gol do Rei no exterior pelo Santos

Edmar Junior

Siga o DNA Santástico no Instagram:


Compartilhe este post:


error: Conteúdo Protegido!